Cheers Off – 8ª edição

Aconteceu neste final de semana, um dos eventos de negócios mais promissor de São Paulo, foi a 8ª edição do Cheers – que oferece descontos e benefícios em produtos e serviços do segmento, reuniu mais de 60 fornecedores do mercado durante os três dias de evento, de 10 a 12 de fevereiro, que ocorreu no hotel Unique, nos Jardins.

Estivemos por lá, para levar aos diferentes expositores o conceito de “Gay Weddings” e as oportunidades do segmento, vamos contar um pouco do que vimos por lá e de idéias.

recepção com o moscow mule do Conceito Bar | foto: Happy Together

A Isa Ciampaglia, é a organizadora do Cheers e comenta que esta edição foi especial. “O evento reuniu boas empresas, cresceu em tamanho e gerou mais negócios. Recebeu 3 mil visitantes e movimentou mais de R$ 2 milhões”, diz Isa.

“O intuito do Cheers foi de juntar empresas do mercado para mostrar inspirações, novidades em produtos e serviços com transações diferenciadas e exclusivas para os noivos fecharem negócios no local, foi uma oportunidade única”, complementa.

Fomos super bem recebidas na maioria dos stands que visitamos e por todos os profissionais que conhecemos. Percebemos que alguns deles já trabalha com o público LGBT e a grande maioria está interessada na inclusão do público. Grande parte possui um serviço diferenciado e de atendimento exclusivo para o perfil de cada cliente. Vale a pena conferir!

Por ser o primeiro evento do calendário do mercado e o único com foco em negócios, o Cheers aquece e movimenta o setor econômico, motivando os fornecedores do setor e os noivos a se planejarem para garantir as melhores negociações.

As novidades da edição foi a inserção do lounge masculino, um espaço dedicado aos cuidados dos noivos, com assinatura da Camargo Alfaiataria e Caruso Lounge. No local, barbearia, engraxate e uma mesa de pôquer compuseram a décor ao lado de charutos e vestuário exclusivo para eles. Já na parte de experiências, os casais puderam interagir em um cenário montado com mesas decoradas, onde a ideia foi sugerir um panorama real de uma cerimônia e festa, incentivando os noivos a se inspirarem para o grande dia.

| foto: Happy Together
| foto: Happy Together
Ternos dos noivos Eliel e Berg feito pela Camargo Alfaiataria | foto: instagram Camargo Alfaiataria

 

Na parte de moda noivo, a Camargo Alfaiataria, que estreou na 8ª edição do Cheers, ofereceu ternos pronta entrega e sob medida com benefício e descontos. “Em média, os noivos estão gastando em torno de R$ 8,5 mil para o traje completo”, diz João Camargo, e complementa, “os tons de azul fechado continuam em alta, principalmente para casamentos em horários intermediários”. E acredita que a participação das noivas em levar o noivo nas lojas é bem significativa. Cerca de 60 noivos estiveram no estande para conhecer o trabalho do alfaiate e fechar negócios.

Na parte da gastronomia, o buffet Arroz de Festa, sob o comando de Alexandre Cymes, há 20 anos, relata que o fechamento durante a feira foi em torno de sete contratos, porém, enfatiza, “os casais geralmente vão ao buffet depois para fazer a degustação completa, gerando a finalização do pré atendimento do evento”. Por lá, experimentamos o Arroz de Pato e a Polenta, estavam todos deliciosos, não vemos a hora de fazer a degustação completa!

 

 

Buffet Arroz de Festa | foto: Happy Together

A Cenográphia Click, de Bruno Zani, é uma empresa de decoração para eventos que desenvolve projetos únicos. Zani acredita que no ramo de décor, os noivos vão ao evento para fazerem contato, mas o fechamento do negócio é no pós atendimento, onde os noivos vão atrás de características de ambientação, mobiliário, cenografia, entre outros. Bruno complementa, “tivemos 15 cadastros e trocas de e-mails. Acredito que as vendas serão ao longo da semana por conta do benefício estendido”.

No turismo, a Cinqtours agência de viagens, tem alta procura por destinations weddings, onde os noivos reduzem custos e ainda têm a oportunidade de viverem uma experiência com familiares e amigos durante alguns dias.

“Com o gráfico crescente na modalidade, há cinco anos se tornou tendência entre os noivos” diz Maristela Gomez, proprietária da agência.

“Em 2016, a agência fechou 30 pacotes para casamentos no exterior, porém, houve queda de procura no segundo semestre. Já neste ano, a economia aqueceu e está sendo favorável. Fechamos 15 contratos em três dias e temos perspectiva de recebermos mais alguns noivos vindos através do evento”, conta.

A BeHappy Viagens, da Jacqueline Dallal Mikahil, oferece pacotes exclusivos para lua de mel, além de um atendimento diferenciado! Batemos um papo, onde ela deu diversas dicas para o nosso blog, falaremos melhor em outro post!

| foto: Happy Together

Para a designer de tiaras e coroas, o evento é muito promissor. “Fechamos 15 vendas, mas ainda assim, temos reuniões engatilhadas para outros orçamentos, relata Renata, da Renata Bernardo Atelier, que está no mercado há cinco anos.

Lucas Anderi | foto: Happy Together

Os vestidos de Lucas Anderi, que está na Cheers desde a primeira edição, são verdadeiros objetos de desejo das noivas. Os modelos de pronta entrega saíram com 60% de desconto, em torno de R$ 6 mil cada, e os sob medida, com 40%, por R$ 12 mil. Segundo Anderi, para esta edição fechamos em torno dezena de contratos, mas teremos atendimentos no atelier depois do evento.

Na parte de daminhas, a Geovanna Criança, que fez estreia nesta edição do Cheers, confecciona vestidos personalizados para as pequenas. Com apenas quatro meses de funcionamento do atelier, Geovanna Smaniotto, proprietária da empresa, está com grandes perspectivas. “Fechamos cinco contratos durante o Cheers, e temos mais seis atendimentos pré-agendados para ainda esta semana”, conta.

 

The Dressing Project | foto: Happy Together

Conhecemos o conceito da The Dressing Project, onde as noivas e madrinhas podem alugar vestidos de estilistas renomeados (nacionais e internacionais) com um ótimo custo-benefício. Vestidos esses que foram utilizados somente uma ou poucas vezes! O Atêlie da Marcela é todo de luz de led, assim não deixa as peças amareladas com o tempo!

Para a banqueteira Ana Paula Carazza, da doceria Fleur de Sucre, o evento foi ótimo. “Fizemos bons negócios nesta edição, mais de 40 contratos fechados”, diz Ana Paula, que está no evento desde a segunda edição. E complementa, “o faturamento foi de 35% maior que do ano passado”.

 

TagSquare | foto: Happy Together

Com a TagSquare, suas fotos são impressas durante o evento e acaba ficando uma lembrança para o convidado. Basta postar a foto com a hashtag do evento! A qualidade de papel e impressão deles é excelente!

APT5D | foto: Happy Together

Lindo o trabalho da APT5D, que personaliza necessairs e embalagens feita de lona de algodão, que também pode ser colocado o nome dos noivos e noivas!

Buoni Confetti | foto: Happy Together

 

A Buoni Confetti, importa as deliciosas e verdadeiras amêndoas italianas, são mais de 20 sabores fica difícil escolher qual é melhor, experimentamos muitos desses sabores e realmente são uma delícia, além de super macias! É tradição italiana presentear os convidados com amêndoas, sempre número ímpar de confetes, pois representa o amor indivisível do casal! Normalmente são dadas lembrancinhas com 05 confetes para cada convidado que simbolizam saúde, riqueza, felicidade, fertilidade e longevidade que são os desejos para a vida nova a ser construída pelo casal!

“Os casamentos serão realizados, mas em um formato mais enxuto. Os noivos estão em busca de empresas que ofereçam qualidade em serviços e produtos, mas não querem gastar muito. Estão pesquisando mais. O Cheers fez a curadoria e reuniu empresas de todos os segmentos para proporcionar o fechamento de contratos do casamento todo, num só local”, finaliza Isa Ciampaglia.

Confiram alguns registros que fizemos durante o evento:

Sobre o Grupo Cheers

O Grupo Cheers tem como missão proporcionar uma experiência surpreendente e vantajosa para quem deseja realizar uma festa ou um encontro social, sempre com muita elegância, mas sem perder a praticidade, envolvendo fornecedores de qualidade e benefícios diferenciados. Após seis anos de funcionamento a perspectiva do Grupo é levar o conceito para outras regiões do País, ainda em 2017.